PRIMEIRAS IMPRESSÕES: HIGH SCHOOL DXD HERO

Issei, suas oppais e "histórias" voltaram!
©Passione
High School DxD Hero – Ficha Técnica
GêneroAção, Comédia , Demônios , Ecchi , Harem , Romance , Escolar
Estúdio: Passione
Baseado em:  Light novel
Diretor: Yoshifumi Sueda
Data de estreia: 10/04/2018

Parte Técnica

Sinceramente foi um episódio de recapitulação, pouca coisa foi mudada do estúdio anterior; não podemos ver o que irá vir realmente. A troca de staffs pode ser resumida pela famosa frase “trocaram seis, por meia duzia”, basicamente o staff atual é o mesmo de Rail Wars! (que por sinal foi bem regular para animes ruins). O estúdio Passione é normal, não é uma maravilha, mas não chega a ser ridículo.
OBS: Não estou dizendo que DxD é ruim, mas aquela terceira temporada foi meio duvidosa, mas que o restante.
O tema de abertura (“SWITCH” de Minami) tem a cara de DxD, como posso dizer é bastante animado e o tema de encerramento (“Motenai Kuse ni” de Tapimiru) é bastante normal, não há muito o que falar, é aceitável.

Sobre o Enredo

©Passione
Enredo em DxD é uma coisa complicada, difícil de se falar, é “assistível”, não pode ser uma das melhores histórias, mas as pessoas podem se divertir, e isso que importa, não?
Esse primeiro episódio foi uma recapitulação, desde da primeira até a terceira temporada, com uns fatos importantes, foi até interessante; juro que gostei das músicas sobre peitos (Não gostei não, mas que droga foi aquilo?)
Deixando isso de lado, esse episódio serviu para colocar algumas coisas nos eixos, para que o anime possa adaptar os volumes das light novels corretamente que divulgaram antes, vamos aguardar algo produtivo.

Expectativas

Eu só irei assistir High School DxD Hero para cumprir aquela “famosa tabela”, não é de longe o melhor anime da temporada, mas para quem gosta pode ser. As expectativas eu já não tinha, porque como eu disse trocaram seis, por meia duzia, já me interessei mais por DxD, mas hoje é um anime mediano.
Nota: 2/5 – Abaixo do esperado

KYOTO TERAMACHI SANJOU NO HOLMES: CONFIRA O PRIMEIRO VÍDEO PROMOCIONAL DO ANIME

O anime de mistério estreia no mês de julho de 2018


Kyoto Teramachi Sanjou no Holmes
© Kyoto Teramachi Sanjou no Holmes

O site oficial da adaptação em anime da novel Kyoto Teramachi Sanjou no Holmes, começou a disponibilizar o primeiro vídeo promocional da animação.
O trailer em questão é curto, mas já nos mostra um pouco mais do visual e do ritmo que o anime terá.

Confira o vídeo:

Mais sobre:

Kyoto Teramachi Sanjou no Holmes é originalmente uma novel, de autoria de Mai Mochizuki e com ilustrações de Yamouchishizu, que começou a ser publicada em abril de 2015. Até o momento, a empresa Futabasha já publicou nove volumes da novel, sendo que a última chegou às prateleiras em 14 de março deste ano.
Em dezembro do ano passado, uma adaptação em mangá da novel começou a ser serializada na revista mensal Action. O mangá é ilustrado por Ichiha Akizuki.

Sinopse:

“A obra é sobre um belo garoto de Kyoto e uma garota colegial, em uma loja antiga no distrito de compras Teramachi Sanjou, em Kyoto. A colegial Aoi Mashiro, de forma inesperada tromba com Kiyotaka Yagashira, o filho do dono da loja. No final a jovem acaba trabalhando na loja. Kiyotaka é conhecido como “Holmes” pelo distrito, e com a ajuda de Aoi, os dois começam a resolver casos esquisitos que os clientes mais variados possíveis trazem para ele.”

FONTE: Aqui!

MANGÁ HIMOUTO! UMARU-CHAN G TEM DATA PARA FINALIZAR

O mangá estreou em novembro de 2017.

Himouto! Umaru-chan
©Himouto! Umaru-chan

A 19ª edição da Young Jump revelou nesta quinta-feira que o mangá Himouto! Umaru-chan Gterá seu capitulo final lançado dia 19 de abril.

Himouto! Umaru-chan
©Himouto! Umaru-chan

Sinopse

“As pessoas nem sempre são o que parecem ser. Esse é o caso de Umaru Doma, 16 anos, que no colégio é a garota linda e perfeita. Mas isso só dura até ela chegar em casa! Uma vez que a porta da frente de sua casa se fecha, a garota veste seu agasalho de hamster e se transforma em uma preguiçosa, comedora de porcarias e otaku. Ela deixa todo o trabalho duro de casa para seu irmão, TaiheiHimouto! Umaru-chan é uma história fofa e super engraçada, que centra na vida de Umaru e Taihei, suas dificuldades diárias e principalmente nas dores de cabeça que a viciada em cola, Umaru, causa em seu irmão.”

Sobre Himouto! Umaru-chan

Escrito e ilustrado por Sankaku Head, mangá Himouto! Umaru-chan começou a ser serializado pela Young Jump em março de 2013. Obra ganhou um anime para televisão com estreia em julho de 2015 com um total de 12 episódios, além de contar com uma continuação intitulada de Himouto! Umaru-chan R. O Anime encontra-se disponível no acervo da plataforma Crunchyroll aqui no Brasil.

Fonte: Aqui!

PRIMEIRAS IMPRESSÕES: CALIGULA

Qual é o limite entre a realidade e a ficção?
©Satelight

Caligula – Ficha Técnica

Gênero: Ação, Ficção Científica
Estúdio: Satelight
Baseado em: Game
Diretor: Junichi Wada
Data de estreia: 08/04/2018

Parte Técnica

Caligula se mostrou um anime bem “ok” em sua animação. A consistência está bem fraca e, neste primeiro episódio, mostrou algo que, não sei se foi proposital ou não, mas me incomodou um pouco; a coloração mais acinzentada sobrepondo a coloração natural do anime. Pode ter sido a escolha do diretor para exemplificar aquele mundo ficcional ou um erro mesmo. O Satelight (estúdio responsável pelo anime) nunca teve, em suas animações, algo que se sobressaísse, ficasse bonito e visualmente consistente. Outra coisa que incomodou foi o exagero nas cenas estáticas. A fluidez não existe em boa parte do primeiro episódio; o que para um anime de ação é uma afronta, já que ação necessita disso, certo?
A sua “opening” somente apareceu no final do episódio: nomeada Paradigm Box e interpretada por Chiharu Sawashiro Shunsuke Takeuchi. Nesse quesito, Caligula se saiu bem. Há uma sincronia entre a música e as imagens que passam. A animação cresce junto com a música, dispondo um dinamismo muito interessante, e o contraste de preto e branco traça um paralelo entre ficção e realidade. Traz aquela sensação de dualidade bastante interessante.

Sobre o Enredo

©Satelight
A história nos fala sobre uma idol virtual conhecida como μ. Ela ganha autoconsciência através da exposição aos sentimentos de seus usuários. Neste primeiro episódio, já nos é apresentado o nosso protagonista: Shikishima. Um ponto interessante, é sobre as questões filosóficas que o protagonista do anime nos fala, principalmente de Aristóteles e de Freud, e de como seus escritos e ensinamentos tem tudo a ver com essa questão da tecnologia.
Achei bem-interessante; pegar algo do mundo real, algo palpável, para o mundo dos animes. E a partir de Shikishima, começam a se desenrolar os acontecimentos. Quando ele começa a ouvir, no seu quarto, uma música da μ, estava cantando normalmente, até ouvir uma interferência na própria música dizendo: Por favor! Parem a μ… Parem a μ… Me ajudem! Me ajudem! É bizarro esta cena (fiquem longe das drogas e dos alucinógenos crianças, está bem?).
E a partir de então, coisas estranhas começam a acontecer; seus amigos começam a agir estranho, a bizarrice começa a florar, e um frenesi louco começa a surgir: com brigas, lutas e as pessoas perdendo a sua “consciência”; parecendo controladas por algo ou alguém. E aí percebemos que o mundo virtual e o mundo real formaram uma coisa só. Como isso foi feito? Não faço a minima ideia, pois explicações não foram feitas e dúvidas surgem, sem que nenhuma delas sejam explicadas.
©Satelight

Expectativas

Caligula é um anime baseado em um jogo desenvolvido pelo estúdio FuRyu. Geralmente, em animes baseados em jogos, não há uma profundidade em personagens; deixando as coisas rasas, sem explicações concretas e um desenvolvimento ruim. Apesar de eu ter achado bem fraco esse primeiro episódio, existe ainda uma expectativa de desenvolvimento, principalmente em relação a críticas sociais, trazendo Freud e Aristóteles como alicerces de base para contar uma história interessante. Traçando paralelos com a realidade e nos passando uma ideia (pelo menos passou para mim) de crítica social, sobre a internet ou a tecnologia influenciando nossas vidas. .
Não sei se um dos temas que o anime quer nos passar é da influencia que a internet tem para com nossas vidas ou como nós deixamos nos influenciar pela tecnologia; pois ficamos tão intrínsecos naquele mundo e fazemos dele uma extensão de nossas vidas. Se isso for desenvolvido no anime, recomendo dar uma chance, pelo menos nos três primeiros episódios, para ver qual a direção que irá tomar.
Caligula está em simulcast pelo serviço de streaming Crunchyroll.
Nota: 3/5 – Dentro das expectativas

NOVO TRAILER DE POKÉMON THE MOVIE: EVERYONE’S STORY

A estreia do filme será dia 13 de julho de 2018.
Pokémon
© Pokémon
Foi divulgado nesta segunda-feira através do site oficial da franquia Pokémon o segundo trailer e um terceiro teaser do filme Pokémon the Movie: Everyone’s Story. Confira:

Trailer

Teaser

Wit Studio (estúdio conhecido pelas produções Shingeki no KyoujinOwari no SeraphKoutetsujou no Kabaneri, além do atual Mahoutsukai no Yome), está a cargo da animação do filme juntamente com o Oriental Light and Magic, que é o estúdio responsável por todas as produções em anime da franquia.
Dessa vez, o Wit Studio será o principal estúdio responsável pela animação desse novo filme. No passado, eles chegaram a dar assistência, junto com outros estúdios, trabalhando para o estúdio principal de animação em produções da franquia.

Visual

Pokémon
©Pokémon

Mais sobre o novo filme:

A história do novo filme da série se passa durante o Wind Festival, evento anual que ocorre em Frau City, uma cidade que é abençoada pelo lendário Pokémon Lugia. No trailer são introduzidos os novos personagens que participarão da história do filme ao lado de Ash Pikachu, são eles: Risa, uma iniciante; Kagachi, um homem que tem a tendência de se vangloriar; Torito, um pesquisador tímido; Hisui, uma estranha senhora; e Rarugo, uma garota misteriosa.
Pokémon the Movie: Everyone’s Story estreia nos cinemas japoneses no dia 13 de julho de 2018.

Fonte: Aqui!

BOKU NO HERO ACADEMIA ONE’S JUSTICE TEM TEASER DIVULGADO

Jogo ainda sem data para ser lançado.
Boku no Hero Academia One’s Justice
© Boku no Hero Academia One’s Justice
A Bandai Namco divulgou neste segunda-feira um novo teaser de Boku no Hero Academia One’s Justice (My Hero Academia: One’s Justice), mostrando alguns dos personagens do game. Confira:

Teaser

O jogo será lançado para PS4Xbox OneSwitch e PC em 2018.

Sobre a série

Boku no Hero Academia, escrito e ilustrado por Kouhei Horikoshi, começou a ser serializado na Weekly Shounen Jump, em julho de 2014, até o momento, 17 volumes encadernados já foram lançados. O mangá segue em publicação sem previsão de término.
A adaptação para anime é produzida pelo estúdio Bones, atualmente contém duas temporadas. Recentemente obteve um anúncio de terceira temporada para abril deste ano. O anime é transmitido nos canais NTV e YTV, no Brasil pode ser conferido pelo Crunchyroll, que disponibiliza o anime logo após sua exibição no Japão, de maneira oficial.
Boku no Hero Academia One’s Justice
© Boku no Hero Academia One’s Justice

Sinopse:

“Em um mundo em que 80% da população nasce com habilidades especiais, denominadas “individualidades”, há o surgimento de super-heróis, que se utilizam do poder para o resgate de pessoas, diminuir o impacto de tragédias naturais e combater o crime. A trama foca-se em Midoriya Izuku, determinado em realizar o sonho de tornar-se um herói, apesar de não ter nascido com nenhuma “individualidade”.”

Fonte: Aqui!


PIANO NO MORI É LICENCIADO PELA NETFLIX

O anime se tornará exclusivo da Netflix por volta da temporada de outono.
Piano no Mori
©Piano no Mori/Fukushima Gainax
site oficial para a adaptação em anime (TV) de Piano no Mori, escrito e ilustrado por Isshiki Makoto anunciou que a Netflix obteve o licenciamento do anime. A distribuição de Piano no Mori no ocidente passará a ser exclusiva da Netflix em algum momento da temporada de outono (outubro). O título em inglês ficou como “Forest of Piano” e estará disponível em mais de 190 países. Os 12 episódios serão liberados de uma única vez.

Mais sobre o anime:

Staff:

  • Direção: Gaku Nakatani (supervisor de CG de Madagascar 3)
  • Composição de série: Aki Itami (Aku no HanaMushishiNijiiro Days) e Mika Abe (DanchiTomoo)
  • Character Design: Sumie Kinoshita (Girlish NumberImouto sae Ireba Ii)
  • Direção de Animação: Sumie Kinoshita
  • Estúdio: Fukushima Gainax (Omoi no Kakera, Jinryoku Senkan!? Shiokaze Sawakaze)

Elenco:

  • Sōma Saitō como Kai Ichinose
  • Ryoko Shiraishi como Kai Ichinose (criança)
  • Natsuki Hanae como Shūhei Amamiya
  • Yō Taichi como Shūhei Amaiya (criança)
  • Junichi Suwabe como Sōsuke Ajino
  • Yūichi Nakamura como Pang Wei
  • Toshiyuki Toyonaga como Kōsei Hirata
  • Maaya Sakamoto como Reiko Ichinose
  • KENN como Lech Szymanowski
  • Aoi Yūki como Takako Maruyama
  • Mariya Ise como Sophie Ormesson
  • Katsuyuki Konishi como Karol Adamski
  • Koji Yusa como Takeshi Saga
  • Hiroshi Yanaka como Kōtarō Shiba
  • Marie Miyake como Namie Amamiya
  • Ryou Hirohashi como Arisa
  • Motoko Kumai como Daigaku Kanehira
  • Hideyuki Tanaka como Yōichirō Amamiya
  • Bin Shimada como Jean-Jacques Theroux
O tema de encerramento de Piano no Mori está à cargo de Aoi Yuuki (Youjo SenkiHakumei to Mikochi). A música chama-se Kaeru Basho ga Aru to Iu Koto. O CD do single da música está previsto para ser lançado no dia 25 de abril.
Uma animação longa-metragem de Piano no Mori foi realizada pelo estúdio Madhouse em 2007.
Para o novo anime que irá ao ar na NHK, a gravadora Nippon Columbia realizou uma audição para pianistas, para encontrar pessoas para tocarem nos papéis dos personagens principais KaiShuuhei e Takako, em suas fases de infância.

Sinopse:

“Trata-se de uma história tranquila sobre dois garotos de origens bem diferentes. Um deles é Kai, filho de uma prostituta, que desde muito jovem toca um piano abandonado em uma floresta próxima de sua casa. O outro é Shuuhei, de família abastada, que cresceu como filho de uma família de pianistas de prestígio. Mas é justamente a ligação em comum com o piano que eventualmente unirá esses dois jovens na estrada da vida.”

Sobre o Mangá:

Piano no Mori é originalmente um mangá escrito e ilustrado por Makoto Isshiki. Começou a ser publicado em agosto de 1998, na revista Young Magazine Uppers, da editora Kodansha. A obra continuou com sua serialização na revista até que a mesma parou de ser publicada, em 2004. Em 2006, Piano no Mori migrou para a revista Morning Magazine, onde foi serializada até seu fim, em novembro de 2015. O mangá foi compilado em 26 volumes pela Kodansha, sendo que o volume final foi lançado em dezembro de 2015.
Fonte: Aqui!

MANGÁ DE MAHOU SHOUJO ORE GANHARÁ SEQUÊNCIA EM ABRIL

O anime está sendo exibido na temporada atual (abril 2018).
Mahou Shoujo Ore
© Mahou Shoujo Ore
O site oficial do anime de Mahou Shoujo Ore, listou que o mangá vai ganhar uma sequência, novamente serializada na revista Comic Be em 13 de abril.
Mahou Shoujo Ore
© Mahou Shoujo Ore

Sobre:

Mahou Shoujo Ore, é um mangá de comédia, fantasia e gender bender (troca de gêneros) escrito e ilustrado por Icchokusen Moukon, e começou a ser serializado na revista Comic Be, da editora Fusion Product, em novembro de 2012. A obra finalizou sua publicação em fevereiro de 2014, com dois volumes compilados ao todo, lançados pela Fusion Product. Em junho de 2014, uma nova serialização da obra se iniciou.

Sobre o anime

O elenco principal do anime é composto por Kaito Ishikawa (dublador de Tenya Iida em Boku no Hero Academia Tobio Kageyama em Haikyuu!!) como Saki Uno, e Wataru Hatano (que fez Murasaki em Hamatora The Animation Yuuta Segawa em Papa no Iukoto wo Kikinasai!como Sakuyo Mikage (personagens respectivamente na esquerda e na direita na imagem acima).

Staff:

  • Diretor: Itsurou Kawasaki (Arc the LadBakumatsu RockDensetsu no Yuusha no Densetsu)
  • Character Design: Ibe Yukiko (Chieri to CherryOnigiriNanatsuiro Drops)
  • Estúdio: Pierrot Plus (BeelzebubDynamic ChordSanrio Danshi e o anunciado Tokyo Ghoul:Re)

Sinopse:

“A história é sobre Saki Uno, uma garota de 15 anos que é uma idol iniciante, e tem um amor secreto pelo melhor amigo de seu irmão, Mohiro, que é um idol popular. Em um encontro com um ex-yakuza assustador, ela descobre que sua mãe era uma garota mágica, e o yakuza era seu mascote. Seu interesse amoroso é então sequestrado por demônios com cabeças de esquilos fofas. Então ela decide contratar o yakuza para virar uma garota mágica, e nessa história isso significa que ela vira um homem bonito com roupinhas de garota mágica. Ainda por cima de tudo isso, Mohiro, seu interesse romântico começa a demonstrar interesse nela em sua forma transformada de homem com roupa de garota mágica. O melhor amigo de Saki, Sakuyo Mikage, tem uma paixão por ela, e para ficar por perto, resolve virar uma uma “garota mágica” cross-dresser para ajudá-la. O gerente de Saki, que é um otaku de garotas mágicas, resolve transformá-los em uma unidade de idols.”

Fonte: Aqui!

Todos os direitos reservados. © 2018 Anime e Café